Boas Práticas

  • Sistemas de reúso de águas negras e cinzas Chorrillos, Lima, Peru

    centro educativo Chorrillos

    Localização: Avenida de los Faisanes No. 950, La Campiña, Chorrillos, Lima, Perú

    Área: 61 m² (alagados construídos)

    Descrição: Lima é uma cidade localizada numa das áreas desérticas mais secas do mundo. Sua população sofre com a escassez de água. Embora cerca de 80% do esgoto da cidade seja coletado, apenas 9% é tratado, o restante é jogado diretamente no oceano ou utilizado para irrigação agrícola. No Centro Educativo San Christoferus, dedicado ao cuidado de crianças e adolescentes com deficiência, as águas cinzas e pretas provindas de banheiros, 03 cozinhas, 01 lavanderia e 01 padaria eram jogadas na rede pública de esgotos. Uma parceria entre pais, empregados da escola e a empresa Rotaría del Peru, gerou um projeto e sua implantação para que 100% das águas cinzas e negras fosse tratada e reutilizada localmente. Além disso, o projeto complementou a proposta já em andamento de compostagem para ser utilizada na horta orgânica. O financiamento foi feito por diversos doadores, os custos materiais giram em torno de $6.020,00.

    Metodologia: Diversas tecnologias foram agregadas ao alagado construído, formando um sistema complexo que fecha ciclos da água e de alimentos. Após passarem por uma caixa de gordura, as águas cinzas, provenientes da padaria, lavanderia e 01 cozinha, seguem para os alagados construídos de filtro vertical (leito de raízes) sendo reutilizada posteriormente para a irrigação das hortas da escola. As águas negras, compostas pelas águas dos banheiros com descarga a base de água misturadas às águas de seus lavatórios, chuveiros e de 02 cozinhas, iniciam seu processo de limpeza no filtro orgânico formado por duas galerias bem ventiladas usadas alternadamente a cada 06 meses. Nessas galerias os dejetos sólidos são separados dos líquidos e misturados à palha dando início a um processo de compostagem. A matéria sólida resultante segue, após 06 meses, para a vermicomposteira (minhocário), já existente, para dar continuidade ao processo de compostagem que resultará em fertilizante para os jardins e hortas. A parte líquida é encaminhada para o alagado construído de filtro vertical. Uma última tecnologia foi incorporada ao sistema, o banheiro com separador de urina e banheiro seco. As 02 unidades, construídas posteriormente ao sistema de alagados construídos, funcionam separando os dejetos sólidos da urina. Os dejetos sólidos são tratados no mesmo processo das outras águas negras e a urina é retirada do local para ser diluída e utilizada nos jardins posteriormente. As águas provenientes dos lavatórios dos novos banheiros são drenadas em jardins de britas e bambus.

    Objetivos: • Redução do consumo de água e de seus custos.
    • Redução de áreas “empoeiradas” através da criação de áreas plantadas mais extensas, que necessitam de irrigação e fertilização, para melhoria estética e microclimática.
    • Demonstração de um sistema de ciclo fechado com o reúso de águas residuais tratadas, nutrientes e compostos orgânicos, adaptado às necessidades ambientais de área desértica habitada e às possibilidades técnicas.
    • Divulgação de um sistema de saneamento a seco, banheiros para separação de urina e desidratação de fezes.

    Cronograma: • 2007: Início do planejamento
    • 2007 : Construção e operação do sistema de tratamento de águas cinzas e negras
    • 2008 : Construção e operação dos Banheiros para separação de urina e desidratação de fezes
    • 2008: Extensão do tratamento de águas negras (em leito de raízes)

    Resultados: • Melhora do microclima local, umedecimento do ar e redução de poeira.
    • Melhora da saúde e higiene.
    • Reutilização de recursos naturais.
    • Horta orgânica.
    • Aumento de áreas verdes e de lazer.
    • Jardim educativo, que ajuda no desenvolvimento das crianças.
    • A venda de frutas e verduras é convertida em renda para escola e bolsa para os alunos mais carentes.

    Envolvidos: • Cliente/ Construção: Centro Educativo Básico Especial “San Christoferus”
    • Concepção e planejamento: Rotaria del Perú, Lima, Perú
    • Apoio: Doadores privados (mais em financiamento); Voluntários no trabalho de campo (durante período de construção); Pro Niño (conselho escolar de San Christoferus)

    Contatos: Colégio San Christoferus
    Fernando Zamorra
    fernando.zamora@gmx.net
    www.sanchristoferus.com

    Rotaria del Perú SAC
    Dr. Heike Hoffmann
    heike@rotaria.net
    www.rotaria.net

    Prestação de voluntários internacionais
    Freunde der Erziehungskunst Rudolf Steiners e.V. I
    www.freunde-waldorf.de

    Ideias para o design de uma área recreacional alternativa
    Michaela Kröschel
    Chorrillos, Lima, Perú
    michaela.kroschel@web.de

    Referências: http://www.susana.org/docs_ccbk/susana_download/2-742-sistemas-de-reuso-de-aguas-negras-e-cinzas-chorrillos-lima-peru.pdf
    http://www.rotaria.net/peru3/rotaria/?page=1

    Créditos imagem: GTZ: http://www2.gtz.de/Dokumente/oe44/ecosan/en-blackwater-and-greywater-reuse-system-2009.pdf Localização imagem: https://maps.google.com.br/maps?ie=UTF-8&q=Newman+Wetlands+Center&fb=1&gl=br&hq=clayton+county+wetlands&cid=438736884300422871&ei=-ACvUvLePJTvkQfb8oDQBQ&ved=0CIwBEPwSMAo
Apoiadores